A casca de salgueiro está caindo: como tratar a casca de salgueiro


Por: Teo Spengler

Árvores de salgueiro (Salix spp.) são belezas de crescimento rápido que tornam as plantas ornamentais atraentes e graciosas em um grande quintal. Na natureza, os salgueiros costumam crescer perto de lagos, rios ou outros corpos d'água. Embora os salgueiros não sejam árvores doentes, algumas doenças e infestações de pragas atacam e causam problemas nos salgueiros. Se a casca do salgueiro estiver caindo, talvez você precise agir.

Problemas comuns de salgueiro

Salgueiros não são árvores exigentes e a maioria se desenvolve em quase qualquer tipo de solo, desde que haja luz solar adequada. Eles crescem melhor em locais com pleno sol. No entanto, a árvore é vulnerável a várias doenças e pragas, incluindo algumas que causam o descascamento da casca do salgueiro.

Alguns dos problemas mais sérios dos salgueiros não causam o descascamento da casca do salgueiro. Isso inclui a infestação por lagartas da mariposa cigana, besouros de folhas de salgueiro e larvas de bolsa que desfolham a árvore.

As piores doenças do salgueiro incluem:

  • Galha da coroa, que causa retardo de crescimento e morte
  • Crosta de salgueiro, que causa massas de esporos de verde oliva ao longo da parte inferior das folhas
  • Cancro preto, causando manchas marrom-escuras nas folhas da árvore.

Estes são não o problema da sua árvore se a casca do salgueiro estiver caindo.

Razões para descascar a casca dos salgueiros

A casca do salgueiro pode ser causada por insetos. Se a casca da sua árvore de salgueiro está caindo, pode ser um sinal de insetos brocas. Tanto as brocas de choupo quanto de salgueiro podem criar um túnel através da camada interna da casca do salgueiro. Isso faz com que a casca dos salgueiros seja descascada.

Se o seu salgueiro tiver brocas, sua melhor aposta é cortar todos os galhos doentes. Depois, você pode borrifar o salgueiro com permetrina para matar as brocas.

Outra possível razão para o descascamento da casca do salgueiro é o excesso de sol. Os salgueiros costumam ficar escaldados no inverno, quando o sol se reflete na neve brilhante. A luz do sol aquece a casca da árvore, fazendo com que as células da árvore se tornem ativas. Mas assim que as temperaturas caem, as células congelam e se rompem.

Se os salgueiros tiverem manchas amarelas ou vermelhas no tronco da árvore, isso pode ser resultado da escaldadura. Essas manchas também podem rachar e descascar com o passar do tempo.

A árvore vai se curar da escaldadura, mas você pode proteger seus salgueiros agindo antes do inverno. Pinte os troncos com tinta branca diluída no início do inverno para evitar queimaduras solares.

Este artigo foi atualizado pela última vez em


Quais são os danos, se houver, à cobertura do solo sob uma cerejeira chorona? Disseram-me que o solo fica rico em nutrientes negativos. Importa-se de comentar, por favor.

Acredito que você esteja se referindo ao produto químico Juglone, que é liberado pelas raízes de certas árvores. Black Walnut é um dos piores culpados de alleopatia.
A cerejeira negra é listada como alleofática, mas você não precisa se preocupar com uma cerejeira chorona.

Aqui estão alguns artigos com mais informações.

Tópicos Mais Populares

  • Recomendações de planta
  • Plantas de hibisco
  • Rosas
  • Plantas de Tomate
  • Figueira
  • Plantas de Gardênia
  • Árvores de Murta de Crape
  • Árvores de pêssego
  • Limoeiros
  • Plantas de hortênsia
  • Open2
  • Palmeiras Sago
  • Controle de pragas de insetos
  • Wisteria Vines
  • Holly Bushes
  • Plantas de Calla Lily
  • Yucca Plants
  • Plantas de abobrinha
  • Arbustos lilás
  • Problemas de gramado


Willow Scab

A sarna do salgueiro é uma doença fúngica que se desenvolve rapidamente e que se instala e mata folhas novas muito rapidamente. O fungo entra pelos galhos no ponto em que novos brotos estão surgindo. O salgueiro-chorão desenvolverá massas verde-oliva de esporos na parte inferior das folhas e cancros (áreas rachadas e afundadas da madeira) aparecerão nos galhos e galhos. Quando o cancro envolve completamente um galho, eles podem interromper o fluxo de nutrientes para esse galho, fazendo com que ele morra. Em salgueiros jovens, o cancro pode até envolver o tronco.

Se outro fungo, Physalospora miyabeana, atacar o salgueiro ao mesmo tempo, a combinação dos dois fungos causará a crestamento do salgueiro, que faz com que a árvore comece a morrer das pontas mais externas dos ramos para dentro. Os galhos afetados devem ser podados imediatamente da árvore para evitar a propagação de qualquer um dos fungos.

  • A sarna do salgueiro é uma doença fúngica que se desenvolve rapidamente e que se instala e mata folhas novas muito rapidamente.
  • O salgueiro-chorão desenvolverá massas verde-oliva de esporos na parte inferior das folhas e cancros (áreas rachadas e afundadas da madeira) aparecerão nos galhos e galhos.

Como Cultivar um Salgueiro Dappled

Embora não seja realmente difícil cultivar um salgueiro malhado, a planta tem alguns requisitos específicos. Se você pretende cultivar esta planta, é sempre melhor entender os diferentes aspectos do cuidado do salgueiro malhado. Com os devidos cuidados, a planta crescerá saudável e produzirá folhagens de cores vivas.

Localização
Para plantar um salgueiro malhado, você deve escolher um local com solo úmido e bem drenado. Embora a planta possa crescer em solo arenoso ou argiloso, não será saudável o suficiente para produzir uma folhagem colorida. O nível de pH ideal varia entre 5,6 e 7,8 (ácido a ligeiramente alcalino).

Este salgueiro pode ser cultivado nas zonas de resistência 4 a 9. A planta pode tolerar sol total ou parcial, mas muito sol ou sombra não é bom para ela. O local deve ter espaço suficiente para a planta crescer e se espalhar em circunferência. Deve ser plantado a uma distância de cinco a seis pés dos arbustos próximos. Plante-o no início da primavera ou no final do outono.

Rega
Embora o solo úmido (não encharcado) seja melhor para o cultivo de salgueiros malhados, a planta pode se desenvolver bem em solo ocasionalmente úmido. A rega regular é obrigatória durante o primeiro ano de crescimento, pois ajuda a desenvolver um sistema radicular bem desenvolvido. Assim que a planta se estabelecer, reduza a frequência de rega. Embora as plantas estabelecidas possam tolerar períodos de seca até certo ponto, certifique-se de que o solo não seque completamente. A rega regular é benéfica para a planta durante a primavera, que é a estação de crescimento. Evite regar em excesso.

Alimentando
O início da primavera é a melhor época para alimentar os salgueiros malhados, pois isso melhora a saúde e também a cor da folhagem durante a estação de crescimento. Use um fertilizante de uso geral e siga as instruções de aplicação na embalagem. Certifique-se de alimentar a planta todos os anos.

Poda
A poda de um salgueiro malhado é benéfica de diferentes maneiras. Ajuda a manter o tamanho e a forma da planta. A poda resulta em novos crescimentos mais coloridos. Em algumas regiões, apenas novos crescimentos desenvolvem hastes de cor vermelha. Outro benefício é a remoção de galhos mortos e doentes. O final do inverno e o início da primavera são as épocas ideais para a poda desta planta. Em outras palavras, a poda deve ser feita antes que a planta desenvolva novos brotos. A poda difícil pode ser feita uma vez a cada poucos anos, enquanto a tosquia pode ser feita uma vez a cada dois meses. Como a maioria dessas plantas é vendida em formas enxertadas, é melhor remover qualquer crescimento que se desenvolva no tronco ou nas raízes.

Pragas e doenças
Salgueiros danificados são suscetíveis a doenças como oídio, ferrugem, podridão da raiz, mancha foliar, ferrugem, bílis, etc. Essas doenças podem causar queda das folhas e ataques recorrentes podem ser prejudiciais para a planta. Portanto, remova e descarte as partes afetadas assim que perceber a condição. Use fungicidas adequados para tratar essas doenças. Insetos como besouros, pulgões, escama e insetos de renda atacam salgueiros malhados. Até mesmo lagartas e larvas de mosca-serra podem se alimentar das folhas. Os inseticidas podem ser usados ​​para combater esses ataques de pragas.

Você gostaria de escrever para nós? Bem, estamos procurando bons escritores que queiram espalhar a palavra. Entre em contato conosco e conversaremos.

Problemas comuns
O amarelecimento das folhas em salgueiros malhados pode ser devido ao excesso de água. Até mesmo períodos de seca e doenças fúngicas podem causar essa condição. O escurecimento das folhas é causado por falta de água, exposição à geada e doenças fúngicas. Às vezes, as folhas do salgueiro malhado podem ficar verdes. Isso pode ser combatido com uma poda adequada e regular, juntamente com uma alimentação oportuna. A exposição ao sol também é benéfica para manter as cores da folhagem.

Em condições ideais, um salgueiro malhado estabelecido cresce rápido e atinge uma altura de cerca de três metros. Em média, essa planta pode ter de quatro a seis pés de altura. Com a poda adequada, você pode manter a forma, o tamanho e a folhagem da planta. Um salgueiro malhado pode ser cultivado como planta de destaque e também é ideal para sebes e telas.


A ferrugem da agulha (Coleosporium spp) é exibida como bolhas cheias de esporos nas agulhas. O molde da agulha (Ploioderma lethale) faz com que as agulhas dos anos anteriores fiquem douradas e, eventualmente, caiam. Nenhuma das condições é fatal.

  • Loblolly é um pinheiro de crescimento rápido que pode atingir uma altura de 150 pés e uma largura de 35 pés, com troncos de até 5 pés de diâmetro.
  • Os efeitos do fungo são notados na folhagem rala ou nas agulhas vermelhas, mas nessa época até dois terços do sistema radicular podem estar infectados.

Q. Willow Tree - Proximidade de uma casa

Estamos prestes a comprar uma casa que tem um salgueiro de 12 metros no jardim que fica a aproximadamente 12 metros da casa. Isso é um problema? Eu entendo que as raízes da árvore podem exceder a altura da árvore e estamos preocupados que as raízes possam ter impactado as fundações.

Definitivamente, sabe-se que os salgueiros têm raízes invasivas, então sua preocupação é válida; no entanto, não há como saber a extensão do sistema radicular sem cavar ao redor. Idealmente, a árvore deveria ter sido plantada a mais de 50 pés de distância da casa, mas mesmo assim, se não afetar a fundação, ainda há uma chance de danificar os canos. Você pode considerar a instalação de uma barreira de raiz, e este artigo pode ajudá-lo com isso:

Este artigo contém mais informações sobre árvores com raízes invasoras:


Problemas com o salgueiro-chorão

Você está preocupado com os problemas que está enfrentando com seu salgueiro-chorão? Continue lendo para saber como cuidar dessas árvores, sobre os diferentes problemas associados a elas e seus remédios.

Você está preocupado com os problemas que está enfrentando com seu salgueiro-chorão? Continue lendo para saber como cuidar dessas árvores, sobre os diferentes problemas associados a elas e seus remédios.

Salgueiros-chorões (Salix sepulcralis) são árvores graciosas que foram mencionadas na literatura muitas vezes. Essas árvores são extremamente bonitas e se destacam em qualquer projeto paisagístico, por isso são tão populares como árvores ornamentais. Estas também são uma das árvores de crescimento mais rápido que fornecem excelente sombra. Após os primeiros anos de crescimento da árvore, muito menos manutenção é necessária para ela. Mas, nos primeiros anos, é preciso cuidar muito bem da árvore jovem para evitar problemas associados a ela.

A infestação de pragas é um dos problemas mais comuns com esta árvore. As pragas que geralmente atacam os salgueiros-chorões são escamas, brocas, pulgões, lagartas e mariposas ciganas. Vejamos os problemas e doenças enfrentados por essas árvores.

Você gostaria de escrever para nós? Bem, estamos procurando bons escritores que queiram espalhar a palavra. Entre em contato conosco e conversaremos.

  • A árvore parece morta quando plantada perto da drenagem:
    Nunca plante um salgueiro-chorão próximo a valas de drenagem ou linhas de esgoto, pois as raízes dessa árvore são profundas e podem quebrar essas linhas, causando danos ao entorno e à própria árvore no processo. Porém, se você observar sua árvore perdendo as folhas e parecendo quase morta, e sabe que ela foi plantada perto de uma vala de drenagem, retire um pedacinho da casca e verifique se está verde. Se você descobrir que é verde cerca de 15 centímetros abaixo da superfície, isso significa que a árvore está viva. Se você achar que é marrom, significa que a árvore está morta. Se a árvore estiver viva, replante-a em outro lugar, mas se ela estiver morta, livre-se dela.
  • Árvore velha com podridão:
    A podridão é uma espécie de infecção bacteriana ou fúngica. Nesta doença, as raízes da árvore na base do tronco podem ficar vermelhas. A vida média do salgueiro-chorão é de quase 30 anos. Se a árvore tiver mais de 30 anos e estiver com podridão, é melhor se livrar dela, pois ela pode cair e danificar os arredores.
  • Manchas marrons nas folhas e brotos:
    Esta é uma doença chamada cancro da marssonina ou cancro preto. Nessa doença, manchas marrom-escuras aparecem nas folhas, e lesões brancas com anéis pretos podem ser vistas nos galhos e caules. Apare os galhos infectados e trate a árvore com fungicidas ou bactericidas. Se isso ainda não funcionar, livre-se da árvore infectada para proteger o resto do seu jardim.
  • Infecção verde-oliva nas folhas e caules:
    Esta é uma doença chamada sarna do salgueiro e ocorre principalmente durante a estação de crescimento da árvore, que geralmente é abril e maio. Causa infecção de cor verde oliva na parte inferior das folhas, que é mais proeminente nas nervuras. Para proteger a árvore, podar os ramos doentes e tratá-los com um bom fungicida. Às vezes, a sarna do salgueiro e o cancro preto afetam a árvore juntos, e essa doença é chamada de praga do salgueiro.
  • Saliências redondas de 1-3 polegadas de tamanho:
    Estes podem ser cistos formados devido a ovos postos por insetos. Esses cistos são inofensivos, no entanto, abra uma protuberância para verificar o que ela contém.

Outros problemas

Existem muitos outros problemas que afetam os salgueiros-chorões. Alguns problemas podem ser corrigidos, alguns problemas podem ser evitados, enquanto alguns não têm outra solução além da remoção da árvore. Aqui estão mais alguns problemas que podem afetar esta árvore:

  • Murcha ou escurecimento da árvore devido a condições severas de seca.
  • Danos físicos devido a qualquer acidente podem resultar na perda prematura da árvore.
  • Se a árvore ficar muito tempo em uma região de corte aquático, isso pode criar condições anaeróbicas, que resultam na decomposição e morte da árvore.
  • O tempo extremamente frio pode causar rachaduras verticais no tronco, o que pode convidar a várias doenças, como câncer ou podridão.

Sempre se pode prevenir esses perigos cuidando bem e mantendo um salgueiro-chorão saudável.


Assista o vídeo: Senhora trabalha com plantas medicinais no interior do município de PelotasRS I Terra Sul


Artigo Anterior

DRYADE A 8 PETALES - Semeando, plantando, mantendo -

Próximo Artigo

Videira de xícara e pires em crescimento - Informações e cuidados com a videira de xícara e pires