Por que as folhas da orquídea phalaenopsis ficam amarelas


Phalaenopsis é considerada a representante mais despretensiosa da família das orquídeas. Ele não precisa de cuidados especiais, mas certas regras para cuidar dessa planta devem ser observadas. Caso contrário, esta flor específica pode adoecer com doenças características desta espécie e até morrer por causa delas.

Em primeiro lugar, suas folhas amareladas e lentas começam a sinalizar a doença da planta. Você precisa reagir a este sinal rapidamente para evitar a morte da flor afetada pela doença.

Na verdade, a cor das folhas das orquídeas muda por vários motivos, então mesmo um florista amador novato pode facilmente reagir a tempo e salvar a planta.

Excesso de umidade

O erro mais comum de um cultivador, que leva ao amarelecimento das folhas da orquídea, é considerado a rega abundante da flor. Phalaenopsis não é uma planta de casa comum, suas raízes aéreas não precisam de solo. A orquídea é colocada em um vaso cheio de substrato ou casca. Isso é feito para fixar a flor, para ajudá-la a manter uma posição vertical. As raízes aéreas não precisam de umidade, precisam apenas de um fluxo constante de ar. A camada de água que entra no vaso bloqueia o acesso do oxigênio às raízes da orquídea. As raízes apodrecem com a umidade e não desempenham bem sua função principal - alimentar as folhas das orquídeas. Sem nutrição adequada, algumas placas foliares ficam amarelas e morrem. As folhas que ainda não mudaram de cor tornam-se macias e letárgicas. Nos casos mais críticos, o processo de apodrecimento afeta o caule, então o caule fica completamente preto e a flor morre.

Como todas as orquídeas, as phalaenopsis são cultivadas em vasos transparentes preenchidos com casca ou substrato, para que seja possível observar o estado das raízes, o grau de umidade da casca e escolher o regime de rega correto para a flor. Os principais sinais de excesso de umidade dentro da panela são considerados da seguinte forma:

  • Casca úmida e de cor escura
  • Condensação nas laterais da panela
  • Raízes verdes pressionadas contra a lateral do vaso
  • Vaso de flores pesado

Se você notar algum desses sinais em sua flor, não a regue. Preste atenção à aparência de raízes secas e saudáveis ​​e mantenha as raízes da orquídea inalteradas.

Se o apodrecimento já começou, as folhas dessa planta ficarão amareladas com manchas pretas e as raízes ficarão completamente pretas. Se esses sinais forem encontrados, a flor deve ser removida do vaso e do material de plantio, e todas as raízes e folhas danificadas devem ser removidas. Só depois disso, tome medidas de reanimação para salvar ainda mais a orquídea. Às vezes, eles se limitam a apenas um transplante. Uma planta doente com podridão precisa de um mínimo de umidade. Basta cobrir a base da flor com musgo umedecido, que deve ser borrifado periodicamente.

Se a planta tiver perdido a maior parte do sistema radicular e algumas folhas verdes forem preservadas, as medidas de resgate devem ser realizadas em uma miniestufa. Para observar a restauração das raízes de uma orquídea, não é necessário plantá-la em um novo substrato. É melhor fixar a planta com fibra de coco e casca de pinheiro, colocando-a sobre um substrato. Em seguida, cubra a phalaenopsis com uma tampa transparente e coloque-a em local não exposto à luz solar direta. O substrato da orquídea deve ser umedecido periodicamente, e as folhas com pano úmido.

Excesso de luz

Phalaenopsis não gosta de luz solar direta e prefere lugares com sombra. Ela cresce e se desenvolve bem mesmo à distância da janela. Os raios e o brilho do sol podem causar queimaduras nas folhas de phalaenopsis. As folhas das flores podem ser afetadas em um de três graus:

  • Borda amarelada fina, aparece nas folhas sob iluminação aumentada
  • Calhas - várias manchas amareladas fundindo-se em uma mancha, aparecem com pouca exposição ao sol
  • Grandes manchas amareladas sem forma, às vezes semelhantes a tecido queimado, como uma película marrom, aparecem com exposição prolongada à luz solar direta

Em caso de dano local à orquídea, basta transferi-la para outro local mais adequado à saúde da flor. Uma folha danificada pela luz pode ser removida ou o phalaenopsis pode eliminá-la por conta própria. Se uma planta tem muitas folhas danificadas pela luz, você precisa examinar seu caule e raízes. Uma orquídea pode ser salva se as raízes e o caule ainda estiverem firmes e verdes. A flor deve ser movida para outro local, como na sombra, e o nível de umidade local deve ser aumentado sem regar. Se as raízes da flor secaram e o caule ficou amarelo, as chances de salvar a planta são praticamente nulas.

Dano no ponto de crescimento

Phalaenopsis tem um único caule em constante crescimento. Este fenômeno é denominado crescimento monopodial. A parte superior da haste da phalaenopsis é chamada de ponto de crescimento. Danos a este ponto podem levar à morte da planta. Danos mecânicos no ponto de crescimento são raros, principalmente devido ao início do apodrecimento da ponta do caule. Em qualquer um desses casos, as folhas da orquídea mudam de cor e o amarelecimento atinge o caule da planta e desce até o sistema radicular. Às vezes, o crescimento do caule principal congela depois que a planta tem uma raiz. A orquídea transfere seu desenvolvimento para uma flor jovem.

Causas naturais

Phalaenopsis se sente bem e se desenvolve bem se perder uma de suas folhas mais baixas em um ano. Este é o ciclo de vida de uma orquídea. Primeiro, a lâmina foliar da flor fica amarela, depois a folha fica amarela brilhante, enrugada, adquire uma tonalidade marrom e morre.

POR QUE AS FOLHAS DE ORQUÍDEA FICAM AMARELAS?


Por que as folhas das orquídeas ficam amarelas

Autor: Tamara Altova. 14 de setembro de 2018 Categoria: Plantas de casa.

A orquídea apareceu em nossas janelas não faz muito tempo, mas já ganhou popularidade devido à sua beleza e caráter não caprichoso. Cuidar de uma orquídea não é difícil, mas às vezes a planta tem problemas, e você deve saber como ajudá-la neste ou naquele caso. Nossos leitores costumam perguntar por que as folhas das orquídeas ficam amarelas, e gostaríamos de responder a esta pergunta e compartilhar com vocês informações sobre como resolver esse problema e como evitar que ele apareça no futuro.


Fertilizantes

Muitas vezes, é a escolha errada de fertilizantes que pode causar folhas amarelas da flor.

A melhor maneira de evitar esse erro é comprar fertilizantes especiais para phalaenopsis em uma floricultura e aplicá-los conforme indicado na embalagem. A auto-seleção de um complexo mineral pode terminar em fracasso.

Overdose de fertilizantes e estimulantes de crescimento

Floristas raramente cometem esse erro. Com muito mais frequência, uma flor é superalimentada com fertilizantes na fase de venda, para que fique mais atraente e bonita. As consequências de uma overdose de isca podem aparecer mesmo depois de vários anos. Se as folhas amarelaram e começaram a cair em massa, então, provavelmente, chegou a hora de transplantar a phalaenopsis para um solo menos "superalimentado".

Após o transplante, a planta é colocada em local fresco por duas semanas, onde não é fertilizada ou pulverizada. Após duas semanas, a flor pode ser fertilizada uma vez a cada 3 semanas.

Falta de potássio

As folhas de Phalaenopsis ficam amarelas e ondulam devido à falta de potássio. Além disso, a falta de fertilizantes de potássio pode causar o aparecimento de pequenas manchas marrons nas hastes e desprendimento das pétalas dos botões.

Preencher o solo com oligoelementos é um processo muito delicado, e qualquer mudança na direção de aumentar ou diminuir a porcentagem de elementos químicos pode afetar o estado de sua flor. A insuficiência de fertilizantes à base de potássio é a razão para a coloração bronze amarelada das folhas, mudanças na sua forma e retardo de crescimento.

Excesso de cálcio

O outro extremo é uma superabundância de micronutrientes. Um excesso de cálcio perturba todo o sistema de assimilação dos minerais pelas plantas. Como resultado, você tem uma planta cujas folhas se enrolam, tornam-se pálidas e amareladas nas bordas. As bordas das folhas tornam-se irregulares e "rasgadas". Na maioria das vezes, esses processos são observados em folhas jovens e o transplante será uma solução rápida para o problema.


Quando você deve se preocupar com folhas amarelas?

Não há necessidade de entrar em pânico imediatamente se as folhas da planta começarem a murchar e cair. O processo de envelhecimento e secagem das folhas é normal para as plantas. Portanto, apenas um amarelecimento repentino ou abundante será um sinal.

Cada tipo de orquídea tem sua própria textura, cor e vida foliar. Em algumas orquídeas, a folha vive 1 ano, em outras - 2 ou 3, em alguns - 5 anos.

  • As folhas da espécie Dendrobium nobile são eliminadas todos os anos, e às vezes a cada dois anos. O processo ocorre durante a floração ou imediatamente após. Em várias variedades desse gênero, as folhas murcham durante o período de dormência.
  • A orquídea Phalaenopsis e algumas outras espécies monopodiais mudam de folhas com menos frequência. Mas, uma vez por ano, eles morrem nas folhas mais velhas e mais baixas (uma ou duas).
  • A orquídea Kalanta perde suas folhas um pouco antes ou durante o período de descanso. Tendo começado a próxima fase de desenvolvimento, a planta rapidamente produz novas folhas jovens.


As razões

Rega imprópria

Perguntando por que as folhas de uma orquídea ficam amarelas, primeiro você precisa ajustar o regime de rega. Freqüentemente, essa é a causa raiz do problema.

Falta de água

Quando as raízes absorvem uma quantidade insuficiente de líquido, isso afeta as folhas, que literalmente em questão de dias ficam letárgicas e amarelas. Claro, para muitos amantes de orquídeas, a rega insuficiente é um fenômeno raro. Na maioria das vezes, as pessoas exageram e usam muita água. Um erro em salvar uma planta que sofre de falta de água é uma transição brusca para um regime de rega abundante. É impossível regar a planta com pressa. Para verificar é necessário retirar a casca da camada superior do solo. Neste ponto, você precisa se concentrar na avaliação da secura. O segundo método de teste, colocar a vara entre a parede do vaso e o solo também é eficaz. Um pedaço de madeira ficará úmido após alguns minutos se a planta for regada em excesso.

Excesso de água

Acontece que as folhas de uma orquídea ficam amarelas e os floricultores não sabem o que fazer. Como na situação anterior, é importante primeiro avaliar a planta para determinar a causa. Geralmente é o excesso de umidade. Como os amantes de orquídeas podem deixar isso acontecer?

Alguns até mantêm esta planta em uma panela de água, como flores cortadas. Nos primeiros meses, a orquídea pode não apresentar sinais de resposta inadequada à umidade excessiva do solo. Mais tarde, porém, as folhas da planta tornam-se macias e amarelas. A folha fica coberta de manchas escuras, o tronco fica amarelo. As raízes mudarão de cor junto com as folhas e o caule, tornando-se cinza.

Falta de nutrição

Quando as folhas de uma orquídea ficam amarelas, isso pode indicar falta de nutrição. A planta, assim, deixa claro que precisa de ferro e potássio. Este é um fenômeno comum que ocorre quando o regime de alimentação das plantas é escolhido incorretamente. Para recarregar, você também precisa escolher um material de qualidade excepcionalmente alta, caso contrário, as folhas vão murchar rapidamente e, em seguida, morrer completamente.

Localização errada

Quer saber por que as folhas da orquídea phalaenopsis ficam amarelas e o que fazer com isso? Deve ser lembrado que tal planta precisa de um bom nível de iluminação, bem como o correto regime de rega. Esses são os dois fatores mais importantes que afetam o crescimento e o desenvolvimento de uma determinada planta. É aconselhável colocar o vaso de orquídea no parapeito norte da janela. Mas não existe um posicionamento universal. As melhores condições de iluminação devem ser selecionadas com base no tipo de orquídea. Portanto, as variedades híbridas precisam de menos luz do que as variedades Wanda, Askocenda e Rinkhostilis.

Doenças e pragas

Muitos cultivadores costumam se preocupar com o motivo pelo qual as folhas das orquídeas ficam amarelas e o que fazer nesse caso. As orquídeas estão sujeitas a doenças infecciosas, que se dividem em infecções fúngicas, bacterianas e virais. Descobrir se uma planta tem essa doença é relativamente simples.

A cor da mancha pode ser alguns tons mais escura ou, ao contrário, mais clara. As áreas doloridas devem ser cortadas da folha com instrumentos esterilizados, todos os cortes devem ser processados. A planta é isolada até a recuperação completa. Muitas orquídeas já são vendidas infectadas, então esse problema é comum.

Excesso ou falta de sol

Quando as folhas de uma orquídea ficam amarelas, os motivos podem ser diferentes e o tratamento é adequado. Queimaduras e dessecação ocorrem em dias quentes quando a planta é colocada no lado sul ou oeste. A folha ficará amarela em uma área que foi exposta ao sol. A planta deve ser reorganizada para evitar maiores danos.

Regime de fertilização errado

A fertilização de orquídeas é necessária apenas durante o período de crescimento ativo. Energia adicional é fornecida conforme necessário. Na fase de crescimento ativo, os fertilizantes são realizados a cada três semanas. Se você não aderir a esse regime, as folhas murcham e ficam amarelas. Se você usar as proporções erradas de material fertilizante ou fizer isso com muita frequência, a planta reagirá da mesma maneira.


Outras razões

Em uma orquídea adulta, as folhas podem ficar amarelas por vários outros motivos. Você deve saber que para a phalaenopsis doméstica é considerado normal perder 1–2 folhas velhas durante o ano - este é um processo fisiológico natural. A orquídea começa a perder folhas com a idade de 4 a 5 anos. Se a folha ficou amarela, ficou amarela brilhante, depois murcha, secou e caiu - isso é um sinal de seu envelhecimento natural.

Além disso, o amarelecimento pode ser causado por um vaso ou vaso muito pequeno no qual a orquídea cresce. O sistema radicular da planta cresce muito ativamente e, se não for replantado a cada 2-3 anos, as raízes serão deformadas, o que levará à desnutrição e ao amarelecimento da flor.

Não se esqueça que a orquídea é uma planta tropical, acostumada a uma temperatura constante, e à menor corrente de ar ou hipotermia sofre estresse. E qualquer situação estressante afeta imediatamente o estado não só das folhas, mas também dos botões e das inflorescências.


Causas de folhas amarelas em orquídeas

Um dos sintomas do estado de doença da orquídea é considerado o amarelecimento das folhas. No entanto, isso nem sempre é um sinal de doença. Cada planta começa a envelhecer com o tempo. Freqüentemente, o amarelecimento das folhas inferiores é apenas um sinal do envelhecimento natural da orquídea. A renovação das folhas, embora rara, é normal para esta espécie de planta. Em algumas orquídeas, isso acontece uma vez por ano, em outras, uma vez a cada cinco anos.

Causas naturais não perigosas

Naturalmente, a perda gradual de vitalidade nas folhas velhas antes que caiam se manifesta na forma de amarelecimento. Se as folhas de uma orquídea ficarem amarelas na base, não as remova. Eles vão secar e se separar.

Situações estressantes como transplante, reorganização, movimentação, resultando em mudanças nas condições de detenção, também podem afetar a condição e a aparência das plantas.

Existe outra razão inofensiva para o amarelecimento das folhas das orquídeas phalaenopsis. Talvez o vaso tenha ficado pequeno demais para a planta e precise de um transplante. Um novo vaso de flores é escolhido 2 cm mais largo, mas não mais. Caso contrário, o substrato pode secar pior e a umidade excessiva leva à deterioração do sistema radicular.

No caso em que não só a folha, mas também o caule de uma orquídea fica amarela, isso indica problemas. A propósito, floristas novatos às vezes confundem o caule com o pedúnculo e perguntam por que o caule da flor fica amarelo de cima para baixo. Se as folhas e raízes da orquídea são saudáveis, a morte do pedúnculo não significa a morte da planta inteira. O pedúnculo deve ser cortado em tecido verde, e depois de um certo tempo um novo começará a crescer do cânhamo. Se isso não acontecer, o pedúnculo seca completamente e é removido. Uma nova floração pode ser esperada em alguns meses.

Rega excessiva

Esta é a causa mais comum de folhas amarelas em orquídeas. As folhas tornam-se flácidas e letárgicas, adquirindo uma coloração amarelo-acastanhada. Os novatos tendem a cuidar muito da planta, inundando-a. Um substrato alagado impede que o ar chegue às raízes, fazendo com que apodreçam. Além disso, um ambiente alagado contribui para a infecção de orquídeas por doenças bacterianas e fúngicas.

Os produtores inexperientes julgam a necessidade de rega pelas partes superiores secas da casca no substrato. Mas a casca pode secar em um dia, enquanto o solo dentro do vaso ficará molhado por mais uma semana. Os seguintes sinais indicam amarelecimento das folhas devido à rega excessiva:

  • A maioria das folhas e brotos começam a amarelar, não apenas as inferiores.
  • As folhas ficam úmidas e macias ao toque.
  • Manchas pretas se formam nas folhas e às vezes no tronco.
  • Também aparecem manchas nas raízes, escurecem e são quase invisíveis através das paredes do vaso transparente.
  • Os botões ficam amarelos, secos e depois caem.
  • A orquídea rola no vaso e pode ser facilmente removida dele.

Se as folhas da orquídea ficarem amarelas devido ao excesso de umidade, remova a orquídea do vaso e inspecione o sistema radicular. Remova as áreas de raiz afetadas e transplante a planta em um novo substrato.

Secagem excessiva da planta

Se as folhas inferiores da orquídea ficarem amarelas, embora a planta pareça sã, não há manchas escuras lacrimejantes nas folhas e não há sinais de apodrecimento nas raízes, então a provável razão para a perda da aparência estética da planta é a falta de umidade.

Talvez o ressecamento da orquídea seja devido à rega inadequada do regador. A drenagem remove a água muito rapidamente e as raízes não têm tempo para absorvê-la.

A planta carece de nutrientes e novas folhas crescem, tirando-as das velhas.

Corrigir a situação é fácil. Basta passar a regar mergulhando o vaso com a orquídea em água por meia hora. Dentro de uma a duas semanas, a planta voltará ao normal. É muito conveniente controlar o teor de umidade do substrato em vasos transparentes.

Regar com água dura

Se você regar as flores com água dura, com o tempo o solo fica salgado, o que pode ser a razão para o aparecimento de folhas amarelas na orquídea. Nesse caso, substituir o solo ajudará. Em seguida, regue a planta com água da torneira, meio misturada com água destilada.

Iluminação excessiva

As orquídeas Phalaenopsis preferem luz moderada. Eles não gostam do sol forte e podem crescer em uma mesa de cabeceira ou mesa no fundo do quarto.

A luz solar direta tem um efeito prejudicial na condição da planta. O caule e as folhas ficam amarelados, aparecem manchas escuras e aspereza áspera e secam as áreas das folhas queimadas pelo sol.

Não é necessário retirá-los, a parte sã da folha é bastante viável e continuará desempenhando as funções de nutrição das plantas. Mova a orquídea para sombreamento parcial ou sombreamento.

Alimentação incorreta

Para as orquídeas, tanto o excesso quanto a falta de fertilizantes são perigosos. Em condições naturais, eles crescem em árvores, sendo presos pelas raízes por rachaduras na casca. Os restos da planta se acumulam nessas rachaduras.

Com o tempo, eles se transformam em composto, de onde as plantas recebem nutrientes. Os produtores inexperientes vão a dois extremos. Alguns alimentam suas enfermarias algumas vezes por ano, acreditando que em condições naturais as plantas se contentam com a mesma pequena quantidade de nutrientes.

Outros, cuidando excessivamente de seus favoritos, fertilizam-nos semanalmente. Em ambos os casos, o resultado será o mesmo - as folhas das orquídeas ficarão amarelas.

O que precisa ser feito se as folhas de Phalaenopsis ficarem amarelas devido à alimentação inadequada:

  • Com excesso de fertilizantes, as plantas são transplantadas com urgência para um novo substrato. Se não for possível fazer isso imediatamente, o sistema radicular deverá ser enxaguado com água corrente. Isso deve ser feito em 15 minutos sob uma leve pressão de água.
  • Em caso de deficiência de nutrientes, as plantas são alimentadas com fertilizantes especiais para orquídeas. As doses iniciais de fertilizantes devem ser a metade das recomendadas.

Fertilize uma vez a cada duas semanas, aumente gradativamente a porção de fertilizante, normalizando após três meses.

Pragas e doenças fúngicas

Danos às plantas por pragas e doenças levam ao amarelecimento dos botões, caules, folhas e sua queda prematura. Pode ser:

  1. Fungo Fusarium. Pode desenvolver-se com rega excessiva e baixas temperaturas. As folhas da planta doente começam a amarelar, depois se enrolar e, depois de um tempo, escurecem. Como a doença é contagiosa, a planta deve ser isolada, o tecido afetado removido, desinfetado com verde brilhante, iodo ou álcool e tratado com Fundazol. O tratamento com o medicamento é realizado pelo menos três vezes a cada 10-14 dias.
  2. Infecções fúngicas e bacterianas. Eles surgem como resultado de irrigação frequente e infecção de plantas doentes. Sinais da doença: as folhas ficam amarelas, escurecem, amolecem e aparecem úlceras. Inspecione a planta doente, remova as áreas afetadas de folhas e raízes, trate os locais de corte com iodo ou um desinfetante especializado comprado em uma loja. Em seguida, transplante em um novo substrato.
  3. Ácaro da raiz. A praga afeta os brotos e as raízes das plantas. Trate a planta afetada com Agrovertin ou Karbofos de acordo com as instruções e transplante-a em um novo substrato.
  4. A mosca-branca é um inseto parasita voador. As folhas afetadas são cobertas por uma poeira branca, sob a qual ficam amarelas ou vermelhas. Para salvar a planta, lave-a com uma solução de sabão em pó e trate com Aktilikt de acordo com as instruções.

Sujeita a todas as complexidades de cuidar da orquídea phalaenopsis, não será difícil para você cultivar uma planta saudável e com lindas flores.


O que fazer

Claro, a orquídea Phalaenopsis, que tem folhas amarelas, parece pouco atraente e precisa de ajuda. E se isso acontecer com sua flor favorita? Acima, examinamos por que as folhas da orquídea phalaenopsis ficam amarelas e o que fazer depende da causa da lesão:

  • para evitar umidade excessiva ou ressecamento do substrato, é melhor regar a phalaenopsis por imersão, então a planta receberá a quantidade de água necessária

  • se a água dura é o motivo do amarelecimento das folhas, então a orquídea é transplantada para um substrato fresco e, para irrigação, utiliza-se água decantada misturada com destilada 1: 1
  • quando uma orquídea sofre doenças, as folhas são lavadas com água e sabão e tratadas com fungicidas: "Actellik", "Fundazol", "Fitolavin"
  • em caso de dano por ácaro da raiz, é necessário retirar e transplantar a planta para um novo substrato, retirando as raízes danificadas - em caso de dano severo, usam-se inseticidas: "Agrovertin", "Karbofos".

Para manter sua orquídea sempre saudável, reserve um tempo para evitá-la. Mude periodicamente a localização da planta, no inverno, destaque adicional, e no verão, proteja-se do sol. Siga o esquema de alimentação e transplante a flor na hora certa, e então ela irá deliciá-lo regularmente com seu florescimento.


Assista o vídeo: Orquídeas com Folhas Amarelas Veja 2 Fatores do Amarelamento


Artigo Anterior

Hygrophila Plant Care: Como cultivar Hygrophila em um aquário

Próximo Artigo

Yucca gigantea